Página Inicial» Notícias» MS é responsável por 80% das apreensões de drogas do país

MS é responsável por 80% das apreensões de drogas do país

alt Dados da ENASP (Estratégia Nacional de Segurança Pública) mostram que Mato Grosso do Sul dos estados brasileiros é o que mais esclarece homicídios, com um índice de 67,7%, contra menos de 30% da média de elucidação das outras unidades da Federação. Em visita recente a Campo Grande, a secretária Nacional de Segurança Pública, Regina Mili, afirmou que os números do Ministério da Justiça mostram que somos também o Estado brasileiro com maior apreensão de drogas, tirando de circulação 80% do total de entorpecentes apreendidos no país.

Para se ter uma idéia, os números da Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública), mostram que em 2012 foram apreendidos 87.608 quilos de drogas em todo o Estado; já em 2013 esse número subiu para 136.197 quilos de drogas. No ano passado foram tirados de circulação no Estado 1.194 quilos de cocaína, 134.831 quilos de maconha e mais de 200 quilos de outras drogas, como as sintéticas.

Na Capital foram apreendidos ao longo de 2013, 544 quilos de cocaína e derivados, 53.804 quilos de maconha e derivados e 9,3 quilos de outras drogas, totalizando 54.804 quilos de drogas.

Para o secretário de Justiça e Segurança Pública, Wantuir Jacini, o expressivo número de apreensões de drogas do Estado se deve especialmente a atuação dos policiais. “Nossas polícias são eficientes e desenvolvem um excelente trabalho na prevenção e repressão a todos os crimes, com destaque para as apreensões de drogas, esclarecimento de homicídios e prisões”, afirma.

Apreensões realizadas pela DENAR (Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico), DOF (Departamento de Operações de Fronteira), Defron (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Fronteira) e Polícia Militar Rodoviária comprovam as afirmações do secretário Wantuir Jacini. Só nos primeiros 70 dias deste ano as três unidades juntas já apreenderam em operações realizadas em todo o Estado quase 8 mil quilos de drogas.

De acordo com o secretário, do total de drogas apreendidas, mais de 7.600 quilos são de maconha, mais de 73 quilos de cocaína e o restante de outras drogas, como por exemplo haxixe, pasta base de cocaína, crack e as sintéticas. O DOF e a Defron ainda retiraram de circulação 25 frascos de lança perfume e apreenderam 6 veículos que estavam sendo utilizados para o transporte de drogas. A DENAR também apreendeu 10 carros e 31 motos que estavam sendo utilizados para o tráfico, nesses primeiros 75 dias de 2014.

“O nosso objetivo é melhorar cada dia mais a segurança pública de Mato Grosso do Sul, com investimentos em qualificação de pessoal, contratação de novos servidores através de concursos públicos, muitos deles inclusive já estão em andamento, bem como com a compra de equipamentos, viaturas, armamentos e modernização da gestão”, finaliza Jacini.
Fonte: Noticias MS

 
 
Aneel aprova conta pré-paga de energia
A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel)...

U